Thursday, November 27, 2014

Grupo de apoio a pais e familiares - novembro/2014

Link para questionário de perfil sensorial: https://docs.google.com/document/d/1WIsE1kJqD_j_IjwitmyuMNIsEHaKO5ZlmxM6aPFvc8g/edit

Thanksgiving por Paula Cardoso

Difícil seria terminar este ano sem agradecer em primeiro lugar a Deus, que tem se feito cada dia mais presente na minha vida.

Este foi um ano de muita introspecção. Sei que estive mais ausente dos amigos, mas isto foi essencial para o momento que eu estava passando. Às vezes é preciso parar para poder continuar.

Respirar tem sido meu maior aprendizado. Controlar a respiração tem sido minha busca, A palavra deste ano foi desacelerar. Deixar a casa menos arrumada, a louça na pia, e alguns brinquedos pelo chão, são, pra mim, grandes conquistas. Entender e principalmente aceitar que a vida nem sempre acontecerá do jeito que a gente imaginou é um grande passo pra felicidade.

Este ano só tenho a agradecer: à minha família que mesmo torta (rs) sempre me socorre na hora de maior sufoco.; aos amigos que se fizeram presentes, sem muitas vezes eu conseguir retribuir e participar de suas vidas; à Marcinha, minha amiga, irmã que ganhei em vida... Agradeço a vocẽs, minhas amigas de coração, que trocam experiências, dores e conquistas de seus filhos: Aurea, Tarita, Gis, Analu, Claudia e tantas outras que assim como eu, somem e reaparecem, conforme a vida lhes permite. Agradeço a todos que profissionalmente ajudaram a Laurinha este ano: Mariana, Ciça, Renata, Tatiane, Pamela, Kriss, Vitória, Caio e Eric. Como não ser grata à escola que acolheu Laurinha e se abriu para cada ideia, cada necessidade que aparecia? Aos pais dos amiguinhos de classe que abraçaram em gestos e atitudes minha pequena florzinha, em especial à Helen, Cris e Fabiane. Mais que tudo, agradeço à Julia, minha filha mais velha, que só me traz orgulho e alegria. 
 
Ao Valter por seus esforços e vitórias. À Tati, que sempre teve uma palavra amiga e uma oração pra me dizer. À Haydée, simplesmente por existir. Por último, e não menos importante, à Marie, que sempre nos presenteia com conhecimentos e estudos, que nos acolhe em sua casa e em seu coração.
Paula

Thanksgiving por Elaine Cristina

Não tive tempo de sentar e escrever como eu gostaria, mas não poderia deixar passar este dia sem antes agradecer por todos estes anos que nos conhecemos e também pelo seu empenho de mostrar pra tanta gente como é importante ser grato.
 
Uma das minhas melhores lembranças deste dia, com certeza é o Thanksgiving que passamos juntas, ou quase juntas já que vocês estavam em Wenatchee WA e nós em Woodbridge NJ.:) Tenho saudades do tempo que vocês moravam aqui e a vida parecia passar mais devagar, mas estou muito feliz por saber os caminhos que você tem trilhado em terras brasileiras.
 
Este ano mais do que nunca agradeço a vida, ao simples fato de estar viva, mas principalmente por ver que  tanta gente que eu conheço conseguiu de fato sobreviver... O Nicolas me informou que esta semana era Thanksgiving in the US e me perguntou o que eu era thankful for, eu respondi : - Por você, ele me perguntou novamente: - Por mim? Sim, por você e seu irmão... Ele sorriu e me disse: Me too, for our family and friends. Yes!
 
Meus filhos cresceram tanto e eu me sinto tão mais próxima deles, eu sei que nos últimos tempos me falta tempo pra quase tudo, mas nós estamos tão contentes, nossas conversas tem sido cada vez mais interessantes, Nicolas está no High School e Victor no último ano do Elementary e às vezes eu fico procurando meus bebês... A verdade é que o futuro chegou pra nós e apesar de ainda ser desafiador, não é mais assustador e isto no momento me dá a tranquiliadade que eu preciso pra seguir em frente... 
 
Sendo assim preciso agradecer ao Albert que segue junto comigo.:)
 
Agradeço também a uma amiga muito especial que me permitiu estar com ela num momento muito difícil, daqueles que a gente não imagina que pode acontecer e qdo acontece é quase unsuportável, mas mesmo assim ela tem conseguido superar cada obstáculo com a mesma graça e ternura de sempre.
 
No mais é aproveitar este dia tão especial e respirar todo o amor que ele proporciona.
 
Agradeço de coração por tudo, tudo mesmo... o mundo melhor depende só da gente... bom, depende de tantas outras coisas também, mas só a gente pode fazer o melhor de qualquer situação.
 
Meninas que participaram deste e outros Thanksgiving o meu abraço apertado de sempre, espero que um dia eu possa estar com vocês pra juntas saborear esta delicia de Turkey day.
 
Feliz dia de ACAO DE GRACAS!

Beijos,

Elaine (mae do Nicolas e do Victor)

Thanksgiving por Ana Lúcia Félix



"Tempo de Agradecer..."
Atrasei o meu agradecimento e estava ficando mais aflita a cada dia que passava desde que a nossa querida mentora nos convidou mais uma vez para fazê-lo...não entendia porque...não conseguia organizar as lembranças deste ano... quase desisti, mas isso me fez sentir derrotada... NÃO, ISSO JAMAIS!!! Foi quando percebi que o real motivo dessa desorganização mental era TER MUITO A AGRADECER!!!!!

E, através das imagens (autista eu???) consegui me conectar ao fundo do meu coração e aí fluiu...
Eu agradeço a Deus por atender meu apelos e preces, deu-nos a mim e ao Carlos, o grande amor da minha vida, mais um tempo juntos.... e com nossos filhos amados Andre,Carol e Caco.
Agradeço por tantos amigos maravilhosos que se aproximaram mais ainda, não nos deixando sós, no momento mais difícil de nossa família... E dentre esses, claro, estão todos da nossa família azul de Santos, o GAA, que SEMPRE correm para ajudar e amparar a mim e a todos a quem precisam...em especial, um agradecimento a duas pessoas que estão ao meu lado há 3 anos, imbatíveis, firmes e fortes na luta por nossa singela "ong", Abigail Bueno e Eliana Claudia Pereira, que representam todo um verdadeiro pelotão de mães e educadores...
Agradeço muuuito e já não é de hj, a chegada de uma nova amiga e mãe azul, Ana Paula Chacur, que veio reforçar e preparar o "pelotão azul", na hora mais precisa!!
Agradeço por eu ter chegado à idade de ouro: meus 50 anos!! E por poder, finalmente, me Aposentar!!!!

Agradeço também ao Instituto Evolução, com toda a sua equipe e alunos queridos, por todo o cuidado e carinho com o nosso filho Carlos, fazendo-o mais feliz!! E jamais deixaria de lembrar e agradecer às queridas Mônica Ranciaro, Mari Ranci, Lucymara Nogueira Silva, Stephanie Ranciaro, do Colégio Interativo, por não desistirem dele, embora ele não esteja correspondendo como queríamos...
Ao MestreMárcio Capoeira Escola e sua maravilhosa equipe do Capoeira Escola, pelo empenho e carinho com o Caco e sua turma!!! E, no meio dessa turma ainda está mais uma a agradecer: a recém descobertav, prima Sabrina, que ficou suuuper feliz em saber que tem esse primo tbm como ela, muuuuito especial!!!!
Por fim, eu não posso deixar de agradecer pelo Autismo em minha vida!!! Sim, agradeço muito mesmo, pois sem isso eu nunca teria conhecido pessoas e famílias tão maravilhosas, amigas de longa data que me ensinaram e ensinam muito ainda: Marie, Haydée Freire Jacques, Ana Muniz Soninha, Gislaine Thomal, Seppe Penelope, Dircelei Pizzi, Marcia Lombo M, Márcia Madalozzo, Fausta Cristina Reis, Andréa Werner Bonoli, Cristina Alves, Tatiana Ksenhuk , EricHamblen, Tarita Inoue Oliveira Garcia, Claudia Takano, Marcia Carolei e etc etc etc...
Não tem como parar... São muitos motivos e pessoas que merecem o meu carinho eterno...
Então, prá encerrar, "Muito grata, Senhor, por eu poder agradecer!!!

Thanksgiving por Tarita Oliveira

"No início do ano cheguei à conclusão que o meu filho não era capaz de brincar com outras crianças. E apesar de todos os progressos apresentados ao longo desses dois anos de tratamento, a interação ainda era, a meu ver, praticamente nula. Por esta razão decidi logo de início instituir algumas medidas para alcançar esse objetivo. Foram meses e meses de tentativas frustradas, métodos não tão eficazes, investimentos em cursos, palestras, estudos e mais estudos. Nunca investi tanto em algo que não fosse ao âmbito profissional. Outras demandas foram aparecendo (como tudo no autismo) e “roubando” o espaço e a prioridade do brincar. O primeiro semestre foi marcado por crises alimentares severas. Mas nem por esta razão esmoreci! E mesmo com toda a correria que permeia o meu dia-a-dia (e quem sabe e convive ao meu lado revalida o fato de que cada segundo é sim precioso), pude desfrutar de alguns momentos mágicos e emocionantes. Sendo assim, gostaria de dividir com vocês a experiência das conquistas do meu Lucas durante este ano.
Recebemos em casa alguns amiguinhos da escola! Após uma reunião escolar e, conseqüentemente, através dela à compreensão e generosidade de alguns pais, pudemos realizar em nossa casa atividades direcionadas com as crianças. Foram tardes deliciosamente agradáveis e proveitosas, onde vivenciamos a experiência do que é ter amiguinhos, brincar com eles, aprender coisas novas, experimentar alimentos novos e socializar. Recebemos, além disso, amiguinhos fora da escola, com ou sem autismo, assim como seus pais e até mesmo seus terapeutas. Momentos únicos! Alguns fáceis outros nem tanto, mas todos indiscutivelmente produtivos e principalmente felizes.
Dentro desse clima de conquistas (sim conquistas! Mesmo sendo ainda muito pobre e sutil a interação, não deixa de ser um começo! E o começo abre portas, abre horizontes!) eu só tenho a agradecer por todos que contribuíram, mesmo que minimante, por todas essas conquistas!


Primeiramente gostaria de agradecer a Marie por todos seus ensinamentos e por mais uma vez ter me dado a oportunidade de estar hoje aqui agradecendo. Sua iniciativa é linda! Olhar para trás, analisar calmamente os fatos, filtrar e diluir todas as dificuldades e angústias ao longo de um ano todo é um exercício difícil. Faz-me pensar que as reclamações e lamentações em exagero (porque desabafo de vez em quando também é saudável. Não somos feitos para sermos isolados!) não nos acrescenta nada; assim como semear o otimismo é genuinamente nos permitir! Permitir-nos fazer aquilo que nos dá prazer, criarmos momentos de descanso e paz e delegar àqueles que podem e nos querem ajudar, promovendo desta forma a esperança de dias melhores.
Em segundo lugar gostaria de agradecer aos pais pela confiança e disponibilidade para nos ajudar, incentivando seus filhos a vivenciarem a experiência do brincar com o Lucas. Somos gratos por tamanha prova de amor e compaixão!


Agradecer a minha equipe! A equipe do Lucas! Terapeutas, professores, músicos. Já ouvíamos de um saudoso amigo: “Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos”. Não há dúvida de que a união dos nossos esforços, as trocas por email, whatsapp, reuniões, técnicas e metodologias, enfim, fizeram e fazem toda a diferença nas nossas vidas e no crescimento do nosso pequeno. Obrigada por estarem tão perto e serem tão disponíveis; obrigada por “comprarem” meus sonhos e permitirem que eles se realizem (ou não); obrigada pelos abraços nos momentos de tristeza e por cada grito de uhuuuuuu nas vitórias!
Agradecer aos amigos que o autismo nos proporcionou. Do Rio Grande do Sul à Estocolmo vocês fazem parte dessa grande família azul da qual tenho uma sorte imensa em fazer parte. E não há palavras para agradecer a cada gesto de carinho, de paciência e de solidariedade que recebemos este ano. Mães que eu mal conheço, mas que não hesitam em nos receber em suas vidas, que param um segundo se quer para responder um email. Aqui aprendo todos os dias o valor da solidariedade. Obrigada à Tatiana por nos inserir neste mundo através do grupo Amais SP. Quero agradecer em especial aos grupinhos do whatsapp pelo bom dia de todos os dias, pelas trocas de experiência de cada família, pelos aprendizados divididos, pelas palavras de força e alegria. Áurea, Paula, AnaLu, Cláudia Takano, Gislaine, Márcia e Milene; Cláudia Klein (amiga que tanto amo!!), Mariana, Flávia Maciel: muito obrigada por estarem presentes dia após dia!
Agradecer pela família que tenho, pela ajuda que recebemos sempre, pelas críticas e pelos elogios também que contribuem para lapidar o ego e me fazer uma pessoa melhor.
Agradecer ao Leonardo por caminhar pela vida ao meu lado por muitas vezes até mesmo me carregando em seus braços. Obrigada por ensinar que casamento não significa “e então felizes para sempre!”. Mas sim “Que bom que permanecemos juntos depois das tempestades!”.  Que cumplicidade, respeito e admiração são adjetivos presentes nas nossas vidas. Que bom! Que assim seja e permaneça! Amo você!
E por fim, agradecer a você Lucas por virar nossas vidas de ponta cabeça e deixá-la tão mais temperada que, o gosto de viver hoje é ainda maior. Com você aprendemos que há uma linha muito tênue entre a resiliência e a esperança, a aceitação e a perseverança; que tempo é uma questão de prioridade e que horizonte não tem limites para quem se arrisca a voar!  Te amo, te amo e te amo, meu filho! Heavy black heartHeavy black heartHeavy black heart


Que os desafios atuais possam ser atingidos e superados e que Deus me dê forças e alegria para alcançá-los com sabedoria!"

Tuesday, November 25, 2014

Thanksgiving por Claudia Zirbes

 
O que eu mais adoro deste convite da Marie, é o fato de nos obrigarmos a mudar o foco do problema para o prazer, da tristeza para a alegria, da dúvida  para a certeza, do futuro para o presente...E se conectar com tudo aquilo que nos foi dado e possivelmente esquecido entre a rotina insana do dia a dia.
E de fato eu tenho muito a agradecer!
Agradeço pela presença amorosa e dedicada dos meus pais na nossa vida.
Agradeço por tantas amizades verdadeiras que o autismo trouxe para minha vida.
Agradeço por ter sido escolhida a companhia da minha Isadora nos seus 15 anos em uma viagem de mãe e filha inesquecível.
Agradeço pela minha saúde e da minha família.
Agradeço pela confiança e amor da minha Giovanna, minha parceira de Yoga e das artes.
Agradeço a presença amável da Rose na nossa casa e seu carinho paciente com Gui.
Agradeço ao meu amor, Gustavo, que sempre dedica tempo para nós e nunca me permite esquecer quem somos um para o outro.
Agradeço a todas as pessoas que se desprendem de qualquer preconceito e recebem nosso Gui com tanto carinho. São vizinhos, colegas da  escola e seus familiares, amigos e família. 
Agradeço ao meu Guilherme, meu maior professor, minha maior transformação. Cada sorriso, cada abraço, cada palavra enchem meu coração do mais puro amor.
Obrigada amiga Marie, por me ouvir, me ajudar a encontrar caminhos e por não permitir que a distancia física nos distancie :-)
Happy Thanksgiving!!

Monday, November 24, 2014

Thanksgiving por Marcia Carolei




Fiquei pensando em como começaria a escrever, ai me lembrei que o principal assunto era o agradecimento, então parei de pensar nas coisas “difíceis e dolorosas” que aconteceram ao longo de 2014, até mesmo porque há alguns anos “coisas difíceis e dolorosas” vem ocorrendo ao longo desses últimos anos e agora o momento é de lembrar de agradecer pelas coisas boas, porque vejo que sempre acabamos nos esquecendo.

Então fiquei pensando e gostaria de agradecer muito a este grupo maravilhoso, porque costumo dizer que a minha vida se divide em duas etapas, antes do grupo e depois do grupo. Lembro quando escrevi para a Tatiana Ksenhuk e rapidamente ela respondeu meu email, foi ai que pensei nossa, ainda existem pessoas boas e solidárias. Tati te agradeço por você ter respondindo aquele email!

Quero agradecer ao amor da minha vida, que está comigo em todas as horas, sempre me apoiando e me dando forcas para seguir em frente, por ser tão otimista sempre, por ser calmo e me amar do jeito que eu sou. Lu te agradeço por você existir e fazer parte da minha vida!

Desde que o Eduardo nasceu, eu e o Luciano começamos a chamá-lo de pedacinho de vida, depois de vida, e sempre digo a ele que ele é a minha vida. Cada dia que passa tenho mais certeza disto,  te agradeco Eduardo por você ser a minha vida!

Meus pais, nossa como agradeco a existência deles, como é bom saber que quando preciso falar, chorar, resmungar, enfim eles estão sempre lá para me ouvir e me apoiar.

Quero agradecer aos padrinhos do Eduardo (Ana e Alejandro) que este ano nos proporcionaram momentos de tanto amor e felicidade.

Paula minha querida! Obrigada, obrigada e obrigada! Te agradeço por você atender o telefone para me ouvir chorar, por dividir a sua música, por você entender a falta de tempo que dificulta de nos vermos como gostaríamos e por você dividir a sua vida e as suas experiências comigo.

Marie, te agradeço por sempre ter uma palavra de apoio, um ombro, um colo, um aprendizado para dividir, uma risada para compartir, por estar sempre disponível, e por estar presente em nossas vidas! Você, o Lu e o Pedro estão sempre em nossos pensamentos e corações.

Quando vejo quantas pessoas tenho a agradecer, fico imensamente feliz em saber que mesmo com a correria do dia a dia, as coisas boas acontecem sim na minha vida, e que mesmo que a tendência seja lembrar somente das coisas ruins que aconteceram, vejo que as coisas boas foram muito maiores.

Então, mesmo não citando aqui todas estas pessoas que eu gostaria de agradecer, agradeço de coração pois neste momento cada uma delas vem a minha mente.

A cada dia que passa tenho aprendido mais e mais que .....FELICIDADE É O QUE SE PODE TER, e sou imensamente grata.

Happy Thanksgiving