Sunday, November 16, 2014

Thanksgiving por Ana Muniz



Fechando um ciclo... foi com este sentimento que comecei 2014! Ou seja, desde o inicio deste ano, eu tinha na boca um sabor de despedida. Talvez, pelo fato de ser o ultimo ano do meu guri no fundamental I, e com isto todas as incertezas de 2015 já me atormentavam lá nos primeiros dias de 2014. Talvez pela infância que esta chegando ao fim, e a adolescência que vem surgindo devagar, mas com uma força impressionante nas mudanças da personalidade. Talvez! Talvez! São tantas as incertezas! Eu me lembro destas mesmas incertezas há 8 anos atrás, quando eu e meu marido recebemos o diagnóstico de autismo. De lá pra cá, como toda família azul, nós mergulhamos de cabeça no “autismo” para ajudar meu filho a superar suas dificuldades. E temos, desde então, vivido nossa trajetória repleta de surpresas e grandes desafios. Desafios, que muitas vezes só foram superados pelo fato de termos tido o apoio de família, terapeutas, professores, profissionais, e amigos; onde muitos deles são “amigos virtuais” que conhecemos nos grupos online. Esta rica troca de experiência e suporte, até hoje, tem colaborado para o desenvolvimento do meu filho. E é para todos vocês que mais uma vez quero deixar minha mensagem de agradecimento por mais um ano de conquistas. 




Muito obrigado por fazerem parte de nosso dia a dia. Muito obrigada pelo carinho, e por toda a energia positiva que recebemos de cada um de vocês. Agradeço em especial, as mães autistas do grupo Amais São Carlos pelas boas gargalhadas dos nossos encontros. E as famílias da Escola Planeta Kids pela deliciosa convivência, momentos que serão eternamente inesquecíveis. E aos meus dois grandes amores: meu filho e meu esposo, por todos os dias da minha existência. Eu amo muito vcs! Para 2015, muita luz e coragem para todos nós!


 

Saturday, November 15, 2014

Thanksgiving por Marie Dorión





O maior agradecimento deste ano é que a vida continua ...
 
Um ano de sustos na saúde mas de várias conquistas no cotidiano.
 
O Pedro crescendo e sendo possível vibrar com ele a entrada na pré-adolescencia  (e o cheiro de suvaco que gerou muitas gargalhadas e que o Luís me corrige: "Mãe, odor nas axilas!"). Os hormônios que ajudam a abrir portas pra organizar sua fala, sua presença, sua vontade de estar junto. Aos poucos os meus medos da adolescência vão se dissipando, não tenho a ilusão que será fácil, mas não precisa ser uma fase sombria.
 
O Luís e seu ponto de vista do mundo, das questões "Greenpeace", transborda compaixão ...

Só agradecer muito tê-los na minha vida, no meu cotidiano que ainda tem seus piques, cansaço e correria mas é cheio de "I love you".
 
Agradecer aos amigos que seguram minha mão nos momentos de fragilidade, que este ano não foram poucos, mas a fragilidade também nos torna mais humanos, agradecer aos amigos que me fazem rir nos momentos mais difíceis, aos amigos que procuraram meu ombro por conforto e me fizeram sentir útil,  a todos os "I love you" que eu recebi este ano porque sem esse açúcar a vida ficaria amarga :-)
 
A energia que me tira todas as manhãs da cama, ao café na hora do almoço que faz eu cumprir a agenda da tarde, e ao sono dos anjos que abençoa as minhas noites.


A minha querida Tatiana Ksenhuk por todo o cuidado e carinho por mim nas últimas semanas e sempre, você sai da categoria de irmã e entra na de mãe ;-)

Em especial aos agradecimentos desta semana, que bonito que é ver que de alguma forma, apesar da distância, da correria, estamos todas ligadas pelo coração. I love you all, mães que são mulheres, amigas, companheiras e sonhadoras com os pés nos chão! 




"Cada alegria desfaz algum nó
Não é preciso entender as paixões
Cada manhã vai te encontrar
Mesmo sem você querer
Mesmo se o sono durar
Sim cabe ao amor te aliviar
Do que te cansa
Sai dança no sol solta tua voz
Que a luz te alcança
Dança, dança ..." - Oswando Montenegro
 
 
Marie Dorión
 

Friday, November 14, 2014

Thanksgiving por Claudia T. Novoa



Há dois anos participo deste grupo e deste thanksgiving tão bacana, que nos faz refletir sobre o quanto temos a agradecer.

Agradeço pela alegria que o convívio com minha familia e meus amigos me dão, agradeço pela minha saúde e disposiçao, agradeço pela realização que encontro em minha profissão.

Agradeço sobretudo ao presente da minha vida, meu filho Fernando.

Filho, desde a descoberta do autismo você virou minha vida de cabeça para baixo e me mostrou que eu não sabia de nada... Eu, que estava tão certa que sabia de tudo: era só me dedicar a te educar com amor e atenção, limites e responsabilidade, e tudo daria certo. Você cresceria muito bem-comportado, equilibrado, um exemplo! não foi assim que os bisavós ensinaram para o vovô e vovó e eles para a mamãe? Seja sempre educado, não faça bagunça, não chame atençao. Aí chega você e ensina a mamãe a encarar os olhares curiosos e por vezes tortos sobre você com serenidade, de cabeça erguida, e sim, com orgulho!

E o combinado não era se destacar e ser reconhecido pelo ótimo desempenho e sucesso alcançados com dedicação e esforço? Não foi assim transmitido de geração em geração e não foi assim que o Ditiam e a Batiam (avós) sobreviveram aqui no Brasil? Mas não. Chega você tão diferente para escancarar que somos todos iguais em nossa imperfeição. Cada um com suas dificuldades e suas habilidades, ninguém melhor que ninguém. E hoje sei que pouco importa até onde você chegue, o que importa é eu poder estar a seu lado, te ajudando em cada passo, em cada tropeço. O que importa é que você seja feliz nesta jornada e que possa desfrutar de boas companhias e de amizades verdadeiras.

E sou muito grata porque neste ano convivemos com pessoas tão diferentes, mas iguais no carinho e dedicação que têm com você. E elas têm te ensinado a importância da convivência, do afeto, do relacionamento, da tolerância...

E afinal não é isso que importa e faz a vida valer a pena?

Agradeço pelas mães especiais e queridas que conheci nestes dois anos e das quais tenho muito orgulho de ser amiga (Marie Dorion e todas do grupo)

E por fim agradeço especialmente ao Marcelo Novoa, maridão, paizão e companheiro de todas as horas... e que por tantas vezes me mostrou que a resposta não estava em nenhuma teoria ou livro, mas no amor e na intuição.

Thursday, November 13, 2014

Thanksgiving or Cristina Alves


Este ano quero agradecer principalmente cada minuto, o momento presente, porque é mesmo um presente de Deus. 

Quero agradecer cada momento que vivo com meus filhos, meus familiares, meus amigos.

Quero agradecer todas as risadas largas, todas as brincadeiras, todas as mensagens dos amigos, telefonemas e até o chato do whats que esqueço que existe e de responder.

Quero agradecer pelos momentos que vivi com meu pai, minha mãe, meu marido e meu irmão Edison, que já estão com Deus, mas de lá sei que torcem por nós.

Quero agradecer imensamente pelo meus filhos Raquel e Paulo, pelo caráter e valores que eles tem. 

Quero agradecer porque a Raquel é dedicada e esforçada na faculdade e o Paulo que este ano está acabando o ensino médio e ambos tem se superado a cada dia e são ótimas pessoas. Como é bom ter contribuido com pessoas boas para o mundo!

Quero agradecer pelos meus irmãos Lourdes, minha irmã-mãe, e pelo Luiz e suas piadas debochadas que tanto nos faz rir. Agradeço minha cunhada Helena que ama tanto o meu irmão.
Um agradecimento super especial a Luiza e ao Fernando (cunhados do meu irmão) que estão nos apoiando tanto.

Um super agradecimento às amigas, amigos e familiares, que nem ouso citar os nomes, porque correria o risco de esquecer alguem. Cada momento com cada um é muito especial e é sempre um presente e penso sempre neles, mesmo que as vezes não possamos nos ver todos os dias.

Ah! Quero agradecer o dia de hoje, nosso jogo de UNO divertido, a chuva que caiu e que espero continue todos os dias até que normnalize as represas.

Um agradecimento especial às minhas amigas que sempre agradecem, especialmente a Marie, que todo ano nos lembra de agradecer.
Beijos

Thanksgiving por Dircelei Pizzi



Assim que meu relógio despertou, levantei e foi até o quarto dos meus filhos e vê-los ali dormindo já motivo de sobra para agradecer. Há um ano e meio quase perdi os dois, Augusto em um grave acidente de carro, Henrique e minha sobrinha ao cairem de uma cobertura. Foram dias difíceis, entre hospital e delegacia  mas que graças a Deus passou.

As dores que ainda tenho no corpo ,causadas pelo estresse pós traumático,  são elas que fazem lembrar que eu também preciso de colo.

As lágrimas que derramei...Foram elas que limparam meus olhos para mostrar que mesmo depois da tempestade o sol volta a brilhar!

Ao meu marido, pelo amor , carinho e dedicação. 

Aos meus amigos e familiares,  pelos belos momentos que passamos junto. 

Ao meus pais ....Esses não a palavra melhor para agradecê-los do que um EU AMO VOCÊS.


Wednesday, November 12, 2014

Thanksgiving por Dayse Lima Silva




Seguindo a tradição de agradecimentos ...

Primeiramente agradecer a Deus pela vida e saúde de minha família e amigos! 

Neste ano que passou tenho muito a agradecer, Deus me deu a chance de fazer uma cirurgia que necessitava  a 8 anos!!! E correu tudo bem!

Um sonho antigo está se tornando realidade um grupo de pais de autistas, um grupo de apoio, com encontros,  compartilhamento de alegrias, tristezas, progressos, decepções, muitas amizades novas!!  

E o grupo Amais Contagem está completando um ano de fundação, e vamo que vamo porque juntos podemos mais!!

Agradeço  os progressos do meu filho autista lindo, aos profissionais que trabalham por ele e com ele!

Muito grata Marie e todas do nosso antigo grupo “família” todas me ensinaram e ainda ensinam muito, cada uma de vocês ( não vou citar nomes pra não esquecer ninguém... a cabeça a cada ano fica mais “avoada” rsrsrs) todas  tem um lugar muito especial no meu coração!

Feliz dia de ação de graças a todos!

Dayse  mãe do Hugo 9 anos! - Autista   e Renan 24 anos! e do Miguel com "3 aninhos"  Contagem / MG

Thanksgiving por Tatiana Ksenhuk



Há tanto corre-corre, tanto pra fazer, tantos problemas a serem resolvidos… O dia parece curto demais e quando chega a hora de descansar, esgotados, já começamos a pensar no que temos que fazer no dia seguinte.

Em meio a tudo isso, é tão fácil deixarmos escapar tudo de bom que acontece, do simples ao complexo... Agradecer por tudo que deu certo e também pelo que não deu... pelo que fugiu do nosso controle, por alguma surpresa desagradável mas que de alguma forma acrescentou. Agradecer pelos livramentos, pela vida!

Agradeço pela paz, pelas mudanças em vários aspectos que aconteceram este ano na nossa família que me fizeram enxergar e distinguir o que realmente é importante e faz sentido, e assim viver de forma mais objetiva.

Nossas crianças estão numa fase diferente, ter 3 adolescentes em casa é uma montanha russa de emoções (rsrs)! Apesar disto, vê-los com o carater formado, com os valores que ensinamos nítidos nas suas atitudes é muito gratificante. Nosso pequeno é uma figura rara, divertido, amoroso, conquista os corações. As meninas duas mocinhas dedicadas, que se importam muito com a família, que tem orgulho da nossa história. São nossas princesas.

O autismo nos meninos continua bem claro diariamente em muitas situações, mas até isso mudou, são desafios novos, comemorações de novas conquistas também. Eu não sei como seria nossa vida sem estes desafios... algumas situações novas nos fizeram rir nos últimos meses, são coisas sérias mas que ao mesmo tempo tem um tom engraçado. A todas as pessoas que conhecemos, que convivemos, por quem vibramos, quem nos ajuda, nos dá suporte, pelos projetos que envolvem o autismo... sempre tenho uma enorme gratidão por todos e por tudo.
Se a vida é mesmo movimento, então estamos vivendo com muita intensidade, graças a Deus nossa vida não é nada monótona!

Agradeço ao meu esposo por ser um homem corajoso, muito trabalhador, bondoso, que tem uma responsabilidade imensa mas que está sempre buscando meios de demonstrar seu amor por nós diariamente. Por me dar a oportunidade de criar nossos filhos de forma integral. Isso é precioso para qualquer mãe! Pela sua amizade, cumplicidade, seu sorriso em meio as dificuldades, sua música que envolve nosso lar. Agradeço a Deus pela saude, pelos momentos em família que vivemos, pela viagem tão especial em janeiro, por todo carinho e respeito que temos uns pelos outros, por podermos sentar numa mesa, comermos juntos, sentirmos o calor de um lar. Pelo conforto que temos. Por todas as 'cores' que compõe meu dia, pela diversidade de temperamentos que temos em casa e que me dão energia para sorrir, para continuar sempre! Pela família de perto e de longe que está presente pelo whatsapp, facebook, a gente se curte e se apoia semanalmente rsrs.

Pelos contornos e listras coloridas do Lucas que sempre me trazem alegria, leveza e elevam meus pensamentos com intensidade...

Também agradeço pelas amigas, por aquela mais chegada que uma irmã, pelos momentos que sorrimos ou que choramos, pelo abraço, pelo apoio, pela presença... pelos sonhos que compartilhamos, pela força que tudo isso me traz, pelos sentimentos de doçura, respeito, torcida, reciprocidade, sempre presente entre nós. Eu sou privilegiada...

Me sinto muito abençoada por toda diversidade que me rodeia. Meu coração é grato a Deus, amo minha vida, minha família, meus amigos e tudo que tenho recebido, não mereço... mas com toda certeza eu agradeço nesta linda oportunidade de relembrar... Que em 2015 tenhamos tudo isso e mais um pouco, sabendo receber de forma honrosa, nos alegrando, e compartilhando :-)